Metrô

Cidade chinesa de Guangzhou anuncia construção de seis novas linhas de Metrô

Uma rede metroviária de dar inveja com 391 km de extensão, Guangzhou anunciou na semana passada seis novos projetos de extensão, que adicionarão a malha, 111,7 km e 67 estações, que devem consumir 100 bilhões de yuans, o equivalente a um pouco mais de R$ 54 bilhões de reais.

Guangzhou é uma cidade chinesa, capital e maior cidade da província de Cantão. Localizada no sul do país, às margens do rio Zhu Jiang, fica a cerca de 120 km ao norte de Hong Kong

Foram anunciadas a extensão leste da Linha 3, com 9,6 km e quatro estações, com previsão de entrega em 2022, uma extensão leste de 9,8 quilômetros da Linha 5, a extensão nordeste da Linha 7 com 21,9 km e 11 estações, e uma extensão ocidental separada da Estação Ferroviária Guangzhou South para Weichong com entrega prvista em 2020.

Os novos projetos ainda prevem a nova linha 10 com 20,9 km com 13 estações, com previsão de inauguração em 2022, e a Linha 12 entre o Mega Centro Sul da Educação Superior e Xunfenggang em um alinhamento de 37,6 km, que atende 25 estações, com entrega prevista em 2023. E por fim a segunda fase da Linha 14, que acrescentaria 11,9 km e oito estações entre a Estação de Trem de Guangzhou e Jiahewanggang.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!