Aviação

Aérea de baixo custo chilena pede registro para entrar no país

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a empresa aérea de baixo custo chilena Sky Airline entrou com pedido, no último dia 30 de agosto, para operar voos regulares internacionais entre Chile e Brasil. A empresa pretende começar as operações em novembro.

Mês passado, a Anac já concedeu permissão a Norwegian, aérea de baixo custo europeia, a começar operações no país (leia aqui).

A argentina Avian, subsidiária da Avianca, também pretende entrar no mercado brasileiro, com voos entre Buenos Aires e São Paulo.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Publicidade

Assuntos

Anúncios