Metrô SP

Metrô de São Paulo bate recorde de falhas graves em 2018

Levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo desta segunda, 23, mostra que as linhas do Metrô já tiveram 44 falhas graves de janeiro a 11 de junho deste ano e é o maior número desde 2000, comparando o mesmo período. O número não conta a linha 4 – amarela.

Essas falhas, de alguma forma, provocaram algum dano na circulação dos trens por 61 horas. O estudo mostra que, em termos de horas, 2016 foi pior, com 65 horas de danos causados.

A linha 1 – azul é a que tem mais problemas (40%), seguido pela linha 3 – vermelha (30%). Na linha 4 – amarela, operada pela ViaQuatro, também houve aumento significativo em falhas notáveis. Nesto ano já foram 16 contra 18 de todo o ano passado.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios