Ciclista

Ciclistas se mobilizam por permanência de ciclovia na Zona Sul

Neste domingo, o ciclista Dorgival Francisco de Souza foi atropelado e morto na Rodovia dos Imigrantes, em Diadema, no ABC. Um dos braços da vítima foi decepado e só foi encontrado a cerca de 2 km de distância do local. Enquanto isso, na Zona Sul da capital paulista, comerciantes querem retirar uma ciclovia da avenida Lourenço Cabreira.

A via ajuda na interligação os bairros vizinhos, como Jd. Primavera, Jd. colonial, Guaiembu, Grajaú, Cid. Dutra e Interlagos, com a ciclovia da Marginal Pinheiros, além do acesso à Linha 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú] da CPTM, por meio da estação Interlagos, onde em alguns horários é possível levar a bicicleta no trem.

Mesmo a estrutura ter sido montada ao lado do canteiro central, a ciclovia trouxe descontentamento por parte de alguns comerciantes, que reivindicam junto ao Deputado Federal Antonio Goulart dos Reis a retirada da estrutura. Goulart chegou a enviar um oficio a Secretária Municipal dos Transportes transmitindo seu descontentamento da via dos ciclistas. Na visão deles, a estrutura agravou o trânsito da região.

Os ciclistas, por sua vez, contestam a afirmação do deputado. De acordo com Alex Gomes, representante do Coletivo Bike Zona Sul, a via é conhecida por conter motoristas que desrespeitam as velocidades estabelecidas, o que torna evidente a importância da ciclovia.

“É uma via em que os motoristas não respeitam os limites de velocidade, e inclusive os comerciantes utilizam de forma irregular trechos da via como estacionamento para seus clientes, dificultando ainda mais a segurança dos ciclistas que são obrigados a pedalar praticamente no meio da avenida”, afirma Alex.

O grupo organizou um abaixo assinado online como forma de apoio às estruturas. Acesse aqui

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!