Ciclista Segurança Viária

Marta critica ciclovias e promete rever limites de velocidade

A pré-candidata à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, considerou o projeto de implantação das ciclovias como não importantes, mediante a outras demandas da cidade.

A senadora, que por décadas foi do mesmo partido do atual prefeito, reconheceu, no entanto, que a ampliação da malha cicloviária é tendencia mundial. “Ciclovia toda cidade grande tem que ter”, diz a ex-prefeita. Porém, a ex-petista, agora filiada ao PMDB, critica o que analisa como falta de integração com os outros meios de transportes.

Marta ainda afirma que “não da para deixar [a bicicleta] no terminal”. Atualmente dos 29 terminais municipais que atendem as linhas da SPTrans, pelo menos 28 possuem bicicletários.

A senadora ainda diz que, se eleita, deve promover a integração da malha cicloviária, e corrigir trechos que considera errados ou mal feito.

A entrevista da senadora foi no canal Bandnews:

Limites de velocidade

Marta também falou sobre a redução das velocidades máximas na capital paulista e prometeu que retomaria as antigos limites de velocidade nas marginais do Tietê e de Pinheiros. “São Paulo é muito dinâmica, não tem cidade que anda a 50 km”, criticou.

Um estudo feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego – CET, mostra uma redução no número de mortes em decorrência de acidentes nas marginais Tietê e Pinheiros, na comparação entre 2014 e 2015, na ordem de 32,8%. Os dados apontam a redução mais significativa quando foi implantada a redução de velocidades máximas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios