Internacional

Governo Macri dobra preço da passagem do transporte público

O argentino vai pagar mais caro na tarifa do transporte público à partir do mês de abril, na capital Buenos Aires e cidades vizinhas. O presidente Mauricio Macri anunciou que o preço da passagem deve dobrar, sendo que o ônibus passa de 3 pesos (73 centavos de real) a 6 (R$ 1,46), e o serviço de trem de 2 pesos (50 centavos) para 4 pesos (97 centavos). A ação vem de encontro com politicas públicas visando a diminuição da inflação, acima dos 30%.

Na contramão do aumento, o ministro dos transportes argentino, Guilhermo Dietrich informou em um comunicado que o subsídio ao transporte deve aumentar em 20%, para estender a tarifa social para até 6 milhões de passageiros. De acordo ainda com o ministro, sem esta ajuda governamental, o ônibus custaria 13,50 pesos. O Metrô de Buenos Aires também deve sofrer reajustes.

Os aumentos vem junto com outros reajustes, as tais medidas impopulares adotadas geralmente em início de governo, ainda que a atual gestão mantem bons níveis de aprovação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios