Aviação

Gol deixa de operar para a Venezuela

A Gol informou que a partir desta terça, 9, deixou de operar voos para a Venezuela. Motivo: uma negociação com o governo venezuelano que vem se arrastando por meses onde a empresa pede repatriação de R$ 351 milhões que estão retidos no país.

Em comunicado, a empresa aérea diz que a situação é temporária porém enquanto o bloqueio não for resolvido, a Gol não voltará a operar no pais vizinho.

Não é apenas a Gol que está com este problema na Venezuela. Outras companhias também não estão mais operando por lá pelo mesmo motivo como Alitalia e Air Canada. Segundo a Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata), empresas de aviação ao redor do mundo têm 3,9 bilhões de dólares retidos no país.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!