BRT

Motoristas do BRT do Rio querem semáforos que privilegiam ônibus

Previsto no projeto original do sistema de BRT do Rio de Janeiro, os semáforos que privilegiam os ônibus acabaram por ficar na promessa, e agora os motoristas pedem a instalação do equipamento.

A reivindicação, segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro (Sintraturb), é para evitar multas indevidas, na visão dos operadores, que afirmam que não conseguem parar o veículo de imediato quando o semáforo passa de verde para amarelo e acabam sendo penalizados. Este tipo de tecnologia é usada, por exemplo nos corredores de ônibus de Curitiba, e dão maior agilidade e rapidez aos ônibus.

Uma reunião esta marcada com a Secretaria Municipal de Transportes do Rio para discutir as reivindicações. “O projeto inicial do BRT diz que quando os carros se aproximassem do sinal teriam que ter um sensor para ter preferência. Como a manutenção é cara, não temos esse sensor. Além disso, não tem temporizador no sinal de trânsito. Nós estamos falando de ônibus de 28 metros e que podem chegar a 80 toneladas se estiverem lotados. A frenagem depende da velocidade e do peso. Tem que ter temporizador porque vai nos avisar 20 segundos antes do sinal amarelar. Ai iremos ter noção de tempo para reduzir. É uma questão de segurança para nós e para os passageiros. O prefeito não quer admitir, mas o projeto apresenta falhas”, disse o vice-presidente do sindicato, Sebastião José ao portal G1. Os trabalhadores querem ainda o cancelamento das multas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios