SPTrans

Linhas terão intervalo de até seis minutos, diz Tatto

Em entrevista ao portal Mobilize Brasil, o Secretário Municipal de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, disse que a partir da nova licitação dos transportes, todas as linhas da capital Paulista devem ter intervalos entre as partidas de até seis minutos, com exceção das que prestam serviços na madrugada. Tatto respondeu ao questionamento do portal sobre uma matéria do jornal “O Estado de S. Paulo”, que levantou a possibilidade de que o novo modelo estimule os empresários a lotar ao máximo os ônibus.

O secretário argumenta que a oferta de lugares deve crescer em 14%, ainda que uma parte da frota seja reduzida. “Vamos trabalhar com ônibus de maior capacidade nos corredores e vamos aumentar em 18% o número de viagens. O critério de lotação é de seis passageiros por metro quadrado, que é um padrão internacional. Além disso, vamos padronizar os ciclos de partida, em no máximo seis minutos, em todas as linhas, exceto durante a madrugada“, diz Tatto.

A concorrência foi suspensa termporariamente pelo Tibunal de Contas do Municipio. Tatto considera as ações “normais, pelo valor e tempo dos contratos”, que serão de 20 anos. “Nós achamos que 20 anos é um tempo adequado, para que sejam feitas duas rodadas de investimento na frota. E a cada quatro anos, como o contrato é de longo prazo, nós faremos uma revisão, uma aferição para verificar se as condições do serviço estão sendo atendidas conforme o contrato”, afirmou o secretário.

A entrevista completa pode ser vista aqui.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios