Brasil

Por melhor fluidez, Rio vai extinguir linhas de ônibus

A prefeitura do Rio de Janeiro vai racionalizar partes das linhas de ônibus, sobretudo na zona sul da cidade. 33 linhas serão extintas e outras 21 serão encurtadas. Serão criadas cinco novas ligações. A medida servirá para acabar com a sobreposição, e consequentemente aumentar a velocidade dos coletivos, estimada em 30% de melhora.

Atualmente dois mil ônibus cobrem a região, e até as olimpíadas este número deve cair para 700. O subsecretário de Planejamento, Alexandre Sansão, diz que as alterações devem encurtar o tempo de viagem e garantir mais fluidez no trânsito. “Racionalizar é evitar a sobreposição de linhas. Se você tem rotas muito longas sobrepondo as mais curtas e tem a finalidade de atendimento àquela região, essa linha longa deixa de existir para fazer integração com essas curtas. É algo parecido com o que fizemos com o BRT, que também usa a lógica da integração”, explica.

A medida é necessária, e já foi adotadas em outras capitais que possuem um sistema robusto de transporte. Porém, é comum em um primeiro momento o aumento de queixas por parte dos usuários que estão acostumados a se deslocar pelo caminho tradicional.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios