Brasil

Deslocamentos por carros representam 85% dos gastos mas só atendem 31% das pessoas

No começo de Julho listamos 8 motivos para entender o porque que o carro é a praga do século XXI. Para reafirmar esta constatação , a seguir dados de uma pesquisa feita pela ANTP – Associação Nacional dos Transportes Públicos que aborda o mais recente relatório do SIM – Sistema de Mobilidade Urbana da ANTP referentes aos dados de 2012.

O estudo abrange os sistemas de transportes de cidades com 60 mil habitantes ou mais, o que representa 438 municípios que somam 119 milhões de habitantes – 61% da população brasileira. Segundo o estudo, contanto os próprios deslocamentos e as outros fatores como acidentes, poluição, uso de estrutura viária entre outros, a mobilidade para 61% da população em todo o País custa R$ 205,8 bilhões. Só os deslocamentos individuais motorizados consomem R$ 174 milhões, o equivalente a 85%.

carros2

No entanto uma taxa muita menor da pesquisada usa o transporte individual. Segundo o levantamento, “as viagens a pé e em bicicleta foram a maioria (25,1 bilhões = 40% do total), seguidas pelo transporte individual motorizado – carros e motocicletas (19,4 bilhões = 31% do total) – e pelo transporte coletivo (18,2 bilhões = 29% do total), sendo que o transporte coletivo é responsável por percorrer 57,2% das distâncias nas viagens habituais”. Os carros são usados apenas em 31% das distâncias.

A pesquisa revela ainda que apesar de representar mais custos e atender a minoria, o transporte individual recebe pelo menos três vezes mais recursos que o transporte coletivo ou para a melhoria dos deslocamentos a pé e por ciclistas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios