Tecnologia

Perfis colaborativos de usuários do Metrô agora tem cara e personalidade, e foram parar no Estadão

Se você usa o twitter com frequência, na certa já deve ter visto alguma menção aos perfis colaborativos @UsuáriosMetroSP e @SardinhaExpress. Nós mesmos já falamos muito destes coletivos aqui. E não apenas nós, como também a Globo, a Veja, R7, e etc….

Pois bem, o trabalho dos caras evoluiu, fazendo com que sentissem a necessidade de darem vida a perfis separados para cada linha. Sendo assim, Adilson de Paula, criador do “@UsuáriosMetrôSP”, Marcelo Santos, que auxilia nesse mesmo perfil e é também blogueiro do Via Trolebus, e Anderson Ricardo, criador do “@SardinhaExpress”, convidaram nossa página para formar o Time Mob, onde seriam geridas contas para cada linha do Metrô de maneira bem humorada, sem perder o espirito de colaboração e sem deixar de lado a(s) (muitas) reclamações por parte do usuário do sistema. Afinal, nossa preocupação é apenas com o passageiro.

BqqKJxBIYAA5Wk1

O Time Mob nasceu com a expertise dos 3 moderadores que tocavam os coletivos, somada a ânsia na discussão sobre a mobilidade que temos aqui no Via Trolebus, A esse número inicial de 4 pessoas acabaram sendo somados 9 moderadores usuários das linhas. Importante ressaltar que todos eles fazem seu trabalho de maneira voluntária. São eles:

@L1Azul (administrado por Aline Garcia e Juliano Jorge)
@L2Verde (Eriy Okagawa e Leonardo Bráz)
@L3Vermelha (Carla Doja e Gabriel Rodrigues)
@L4Amarela_ (Ana Paula Santana e Jhony Albanese)
@L5Lilas (Jair Pedro)

Nesta quarta-feira (25), o Time Mob foi mencionado no Jornal “O Estado de São Paulo”.

Cada linha possui sua identidade, formando as “meninas do metrô”. Os desenhos dos perfis forma feitos por Richard Batista, do projeto “Desenhos que Cantam” (instagram | facebook)

Avatar da L1-Azul em homenagem a colonia oriental no bairro da Liberdade
Avatar da L1-Azul em homenagem a colonia oriental no bairro da Liberdade

As personalidades das linhas foram criadas a partir do trajeto pelo qual o ramal percorre. Por exemplo, na Linha 1-Azul temos uma simpática japonesa, em homenagem a colonia oriental do bairro da Liberdade. Já na Linha 2 uma linda negra com cabelo black power para celebrar a diversidade da cidade, já que o ramal passa pela Avenida Paulista, palco de muitas manifestações de minorias, como a comunidade gay. Já a da Linha 3 é um pouco mais estressada e barraqueira. Não é por menos, já que representa o ramal mais lotado do sistema. A personagem que representa a Linha 4 é feito por uma jovem patricinha, fazendo alusão a linha metroviária mais jovem da cidade. Isso também vale para o perfil da Linha 5.

Todos estes perfis estão no twitter, na certa a ferramenta mais rápida para propagar a informação sobre as linhas do Metrô.

Colaborou: Bruno Maia

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios