Internacional

O dia que um “Ferrofã” foi atingido por um maquinista

Apaixonados por trens, eles escrevem sobre o assunto em blogs, participam de fóruns e sempre, sempre acham que sabem de tudo, inclusive até mais que funcionários ou engenheiros das empresas operadoras. Na verdade, tudo mundo que gosta do tema da mobilidade, tem um pouco de ferrofã, ou no caso da paixão ser o ônibus, seu lado “busólogo”. Os dois termos são usados para pessoas que gostam dos modais, assim como exitem pessoas que se interessam por carros, avião, etc…

O problema é quando a melhor foto passa a ser prioridade, somado a moda selfie, pode custar a vida do cidadão. Foi o que aconteceu com Jared Michael, um ferrofã que viajava pelo Peru e resolveu tirar uma selfie bem perto da linha do trem.

Jared estava longe o suficiente para não ser atropelado, porem perto demais do maquinista, este que resolveu acertar um chute na cabeça. Independente da conduta do maquinista ou do ferrofã descuidado, fica a dias: Cuidado com a linha do trem:

A notícia foi transmitida no jornal “O Estado de São Paulo”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios