Metrô SP Tecnologia

Serviços de atendimento ao usuário do Metrô esbarram na falta de sinal do celular

A woman uses her mobile device May 25, 2010 in New York. AFP PHOTO/Stan HondaQuem usa o Metrô de São Paulo repara que existem anúncios do SMS denúncia fixados, orientando o usuário a mandar mensagens via celular, caso presencie alguma irregularidade. Outro canal bastante difundido é o atendimento nas redes sociais, o chamado Sac 2.0 através de perfis oficiais da companhia no twitter e no facebook.

Mas, se você precisar utilizar um destes canais, pode ficar na mão: são muitas as áreas de sombras na estações e tuneis do sistema metroviário de São Paulo. Tratam-se de regiões que o sinal 3G simplesmente não funciona. Nesta semana ao utilizar a Linha 1-Azul, meu aparelho não tinha sinal 3G na estação Conceição. Só consegui mandar as mensagens na estação São Joaquim, quando saí do sistema.

O problema não é tão simples quanto parece. Os usuários não deixaram apenas de ter acesso ao Facebook o Whatsaap, por exemplo. Em caso de emergência, o usuário poderá se ver isolado, e ter que esperar encontrar algum funcionário da empresa. No entanto, a companhia não dispõe de efetivo de seguranças em todos os trens e estações.

Na ultima quarta-feira a usuária Vivi Batizellicontou que seu marido presenciou uma briga dentro de um trem, mas por estar sem sinal de celular não pode avisar o Metrô.

twitter3

Quando questionei o Metrô, se tinha alguma ação junto as operadoras para reverter este problema, a companhia foi bem objetiva: “a responsabilidade pelo sinal é das operadoras”. Já as operadoras não responderam meu chamado. #Chatiado.

Conseguem imaginar o quão agradável será receber turistas da copa do mundo de 2014 com este belíssimo sinal de celular?

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios