Tecnologia

Empresa cria relógio para pagar passagem de ônibus

relógio para pagemento de tarifa de ônibus da empresa Ponto Certo
Relógio para pagemento de tarifa de ônibus da empresa Ponto Certo

Na hora de pagar a passagem de ônibus quem nunca se atrapalhou em pegar o cartão? Para maior praticidade, uma empresa que presta serviço de recarga de cartões, inclusive em São Paulo criou um relógio contendo um chip igual ao usado nos cartões e bilhetes de transporte coletivo.

As primeiras cidades a receberem a funcionalidade serão Ribeirão Preto, no Interior de São Paulo, e Recife, Pernambuco. O relógio Watch2pay possui dentro um chip que armazena os créditos das passagens, sendo lido pelos validadores das catracas.

Assim que o usuário aproximar o pulso do validador, o equipamento lê a cobrança e libera o acesso. O relógio é distribuído na América Latina pela empresa de tecnologia Yellowgreen e a primeira parceria é com a Rede Ponto Certo. O equipamento foi desenvolvido pela empresa austríaca Laks, especializada em fabricar relógios inteligentes.

Segundo a Rede Ponto Certo, “países, como Turquia, Inglaterra, Rússia e Polônia já adotaram o watch2pay como meio de pagamento. Nestes países, o relógio utiliza chips Mastercard PayPass, integrado com a função transporte”.

Outras cidades terão o benefício, incluindo São Paulo.

Pagamento via Celular

Recentemente o Secretário Municipal de Transportes da cidade de São Paulo, Jilmar Tatto, disse que existem projetos para o pagamento da tarifa via celular. O projeto ainda é embrionário na cidade, entretanto outros municípios no exterior já possuem a funcionalidade. De acordo com Tatto, para tirar do papel as empresas de celular deveria adptar os aparelhos a receber este chipe que lê as passagens.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios