Já é possivel andar de trem pelo maior túnel ferroviário do mundo

Já é possivel viajar de trem pela Suíça no maior túnel ferroviário do mundo. A companhia ferroviária nacional SBB iniciou a operação nos serviços pelo Túnel de Base São Gotardo. Os trens partem de Zurique para Lugano.

São 57 quilômetros debaixo da terra, que propicia economia de cerca de meia hora em tempo de viagem. A obra ainda fez com que o sistema cargueiro ganhasse maior capacidade, e por consequência diminuição do frete rodoviário.

O projeto demorou 17 anos para ficar pronto e custou aproximadamente US$ 12 bilhões. O novo trajeto deverá ser utilizado diariamente por 50 comboios de passageiros e 260 de carga, em vez dos 180 que utilizavam a linha férrea sinuosa construída nos Alpes.

No início, por questões de segurança, os trens viajarão no túnel a 200 km/h. No futuro, essa velocidade será aumentada para 250 km/h.

 


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

9 Comentários deste post

  1. Por segurança, ira viajar a 200k por enquanto, que inveja hein.

    Rodrigo Santos / Responder
  2. Cadê a Trqnsnordestina?Cadê a Norte x Sul?Cadê a Leste x Oeste?Cadê a Ferrovia do Fico?

    Felix / Responder
  3. Cadê a Trqnsnordestina?Cadê a Norte x Sul?Cadê a Leste x Oeste?Cadê a Ferrovia do Fico?

    Felix / Responder
  4. Estive na Suíça mês passado. É de dar inveja o transporte sobre trilhos deles. Quando lí sobre a famosa pontualidade dos trens suiços, até achei exagero, mas é a absoluta verdade. Lá se usa os trens para tudo e eles vão para todos os lugares. E olha que estamos falando de um país dominado pelos Alpes,

    gustavo / Responder
    • A Suíça em questão de serviços para a população, e a melhor do mundo, porém não tem como comparar com o Brasil, pelo tamanho e dificuldades.

      • Mas é precisamente porque o Brasil é imenso que deveríamos ter investido no transporte ferroviário – que é muito mais barato a longo prazo. Falta um Dom Pedro da vida para enxergar isso de novo…

        Higor R. / (em resposta a Rodrigo Santos) Responder
    • Concordo com o Higor, temos que investir nos trens!
      Estados Unidos, Rússia, China, Índia, paises gigantes e tem malhas gigantescas. Eles deveriam fazer com que as cargas cruzassem pelo menos metade do caminho em trens, pelo menos no litoral e lado leste do Brasil, onde a maior parte da população se concentra. Se tem uma serra, vale, etc no meio, que descarregue, coloque no caminhão e depois volte a carga pros trilhos!
      Com certeza a indústria automobilística deve ter pago ou influenciado as escolhas que o Brasil fez nos últimos tempos.

      Anderson / (em resposta a gustavo) Responder
  5. Vamos Trazer Um Trem-bala Para Ligar do Brasil Até os Estados Unidos, Portugal, Japão…, e Também os Solos: Pan-americano e Europeu.

    Michell / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*