Rodoanel Norte deve ficar para 2018

Foto: A2img / Eduardo Saraiva

Com obras iniciadas em 2013, o Governo de São Paulo adiou mais uma vez a entrega do ultimo trecho do Rodoanel para março de 2018. O trecho norte irá ligar a Rodovia dos Bandeirantes a Rodovia Presidente Dutra, passando pela Rodovia Fernão Dias e com uma ligação ao Aeroporto Internacional de São Paulo.

De acordo com reportagem do SPTV da Rede Globo, os canteiros estão praticamente vazios. A Dersa informa que depois de 3 anos em obras, a rodovia está com 41% das obras concluídas.

A obra do Rodoanel foi dividida em 6 lotes. No lote 3, a obra andou só 33% e é uma das mais atrasadas. No lote 6, só 26% do trabalho está concluído. No lote 1, outros 37%. No lote 4 e 5, em torno de 42%. Só o lote 2 é que está com mais da metade da obra pronta.

“Nós temos dois grandes desafios no Rodoanel Norte: o primeiro, é um túnel longo no lote 3, no túnel 301, que tem um avanço lento e precisa ter uma escavação cautelosa”, diz presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, tentando explicar os motivos de atraso. Outra razão apontada por Lourenço “são as desapropriações no município de Guraulhos, que têm atrasado bastante o avança da obra”.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

7 Comentários deste post

  1. Pra variar… SP precisa de um governador de verdade, não um picolé de chuchu…. Aliás PSDB ultimamente no governo de SP está horrível.

    Bruno / Responder
  2. Eu vi um vídeo (tvobra) mostrando o lado técnico da obra. é complicado o solo é todo pedregoso e os morros onde vão os túneis, um inferno. Vai precisar de engenheiros muito capazes e claro dinheiro, muito dinheiro.

    Leo Cadio / Responder
  3. Não e novidade alguma vindo do governador.

    Rodrigo Santos / Responder
  4. Como sempre, o nosso querido Governador tem desculpas: Lava Jato, dificuldade tecnica, desapropriação, chuva, seca, crise. Só falta ele citar os reais motivos: Incompetência, incapacidade, comodismo e agora, pedaladas fiscais estaduais.

    Cris / Responder
  5. Chuchu para presidente em 2018. Lento, sem graça, mas vai entregando obra após obra deixando todos os críticos muito irritados. Chega de presidentes falastrões, só papo e nada de concreto literalmente. Obra é emprego e renda, é desenvolvimento na veia do povo!!!!!

    Leo Cadio / Responder
    • 5 (cinco) exclamações, Leo? Nossa, que vontade.

      Henrique / (em resposta a Leo Cadio) Responder
    • Ta maluco… Com essa velocidade precisaria de um mandato de 12 anos. Ninguém fica irritado com entrega… Ficamos irritados sim com a demora delas ou atraso delas. Ou diminuição do escopo delas

      Alexandre i / (em resposta a Leo Cadio) Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*