Tecnologia VLT

China testa VLT a Hidrogênio

A China deve testar um novo conceito de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) alimentando por célula de hidrogênio e supercapacitores. O protótipo acabou de sair da linha de montagem nesta quarta-feira, 3 de maio, na província de Hebei, no norte do país, de acordo com informações do China Daily.

De acordo com Tangshan Railway Vehicle Co Ltd (TRC), principal desenvolvedor do trem, o veículo híbrido pode operar por mais tempo do que os demais existentes e não há necessidade de rede elétrica alimentadora, além de não emitir nenhum gás nocivo a saúde humana.

Foram quatro anos desde a concepção até a fabricação do VLT, que possuí capacidade de transporte para 336 passageiros.

Para a operação, o trem precisa de uma recarga de 15 minutos, então a tecnologia empregada permite autonomia de 40 quilômetros, com velocidade de até 70 km/h. Os fabricantes deste novo meio de transporte consideram o novo bonde como o primeiro do mundo movido a energia com células de combustível de hidrogênio e supercapacitores.

Este mecanismo já é usado em ônibus, mas agora pode aliar estas vantagens em veículos leves ferroviários,  modal de transporte geralmente implantados em requalificações urbanas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios