Metrô SP

Metrô prevê Linha 19 pronta para as obras em 2023 e trens sem condutores

Durante entrevista ao canal Hoje TV no YouTube, o presidente do Metrô, Silvani Pereira, informou que a operadora estima que o projeto básico da Linha 19-Celeste, que teve a ordem de serviço assinado nesta semana, deve ser finalizado no ano que vem.

De acordo com Silvani, concluído o projeto básico, a empresa está pronta para licitar a obra, orçada e mais de R$ 16 bilhões de reais. O presidente da estatal informou ainda que não há uma definição de que o projeto será tocado por meio de uma Parceria Público Privada – PPP ou com recursos próprios. Essa decisão deve estar a cargo provavelmente da próxima gestão, que começa em 2023.

Não é promessa. Nós temos um projeto básico. Ninguém brinca assinando um contrato de R$ 90 milhões se não for realidade“, disse Silvani. Outra informação veiculada na entrevista é que a Linha 19 terá trens automáticos, assim como nas linhas 4-Amarela e 15-Prata.

O novo eixo metroviário deverá ter 17,6 km de extensão e 15 estações no trecho inicial entre Bosque Maia e Anhangabaú, com a previsão de cinco estações em Guarulhos, passando também pelas regiões de Jardim Brasil, Vila Maria (zona norte) e Pari, conectando-se às linhas 1-Azul, na estação São Bento, e 3-Vermelha, em Anhangabaú.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios