Trens Regionais

Secretário diz que Trem entre SP e Vale do Paraíba está “muito próximo de acontecer”

O secretário de Habitação de São Paulo, Flavio Amary, participou na semana passada do webinário ‘Vale do Silício Brasileiro’, terceira edição do projeto ‘O Brasil do futuro’, de acordo com o jornal “O Vale“.

De acordo com a publicação, o titular da pasta falou sobre o projeto do Trem InterCidades, “Existe já a perspectiva na região de Campinas e do Vale, e até mesmo na região de Sorocaba. Isso existe uma relação direta com a demanda para criar atratividade e que traga investimento privado”, afirmou o secretário.

“Não vai acontecer com investimento público, mas com concessões para colocar em viabilidade o Trem Intercidades. Quando aumenta a demanda, o crescimento econômico, a mobilidade a força econômica tem relação direta com a atratividade. E acredito que está muito próximo de acontecer”. Mas sobre prazos concretos, como lançamento de edital, não há perceptiva.

Uma das quatro linhas

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM lançou a consulta pública do projeto do Trem InterCidades, entre São Paulo e Campinas, além da concessão da Linha 7 e a extensão do trem metropolitanos até Campinas. Está aberta também a consulta pública, onde as minutas do edital fornecem detalhes sobre o projeto do TIC, incluindo suas quatro linhas.

Segundo o documento, o plano foi promovido a partir de 2012 como um projeto com estrutura de PPP para a implementação, operação e manutenção de uma rede integrada de mais de 400 km de linhas de trem que conectaria regiões metropolitanas do Estado de São Paulo, cruzando no centro da cidade de São Paulo.

O objetivo do novo sistema proposto é estabelecer uma rede ferroviária estruturada em eixos para atender às demandas de viagens entre cidades-polo das Regiões Metropolitanas e Aglomerados Urbanos do Estado de São Paulo. A proposta é ter linhas ferroviárias com modernos padrões de serviços e tempos de viagens competitivos, como modal alternativo para o atendimento de passageiros dos atuais serviços rodoviários.

As quatro linhas:

A proposta prevê quatro linhas principais:

  • Eixo Norte: São Paulo-Americana: É projeto que começará a ser implantando, e em sua primeira fase até Campinas;
  • Eixo Sul: São Paulo a Santos, passando pelo ABC e Cubatão;
  • Eixo Oeste: São Paulo a Sorocaba, passando por São Roque;
  • Eixo Leste: São Paulo a Pindamonhangaba, passando por São José dos Campos e Taubaté.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A linha para o Cone Leste Paulista será 40 – Peridoto também com partida na Luz e passagens por: Brás, Tatuapé, Tiquatira, Guarulhos “Centro”, Aeroporto de Cumbica, Bonsucesso, Arujá, Parateí, Jacareí e Aeroporto Professor Urbano Ernesto Stumpf e ramais: (1 – até Cruzeiro via: Caçapava, Taubaté, Pindamonhangaba, Basílica de Aparecida, Guaratinguetá, Lorena e Cachoeira Paulista e 2, ligando Itajubá, Piranguçu, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, São José dos Campos “Centro”, Aeroporto Professor Urbano Ernesto Stumpf, Caraguatatuba e Ubatuba)

Publicidade

Anúncios