Ônibus

Reabertura da estação Cardoso de Moraes no Rio de Janeiro

Em março de 2020 a estação Cardoso de Moraes sofreu ataques de vandalismo e furtos, precisando então passar por uma reforma total, já que sua segurança estava em risco, e os custos mensais com atos como esses, eram muito altos. Desde então, a estação permaneceu fechada passando por reformas, e teve a reabertura no dia 16 de julho, sexta-feira.

Foi relatado pela equipe que trabalhou no projeto e reforma, problemas graves no sistema, como por exemplo, depredação e evasão, o que era considerado frágil no modelo anterior e agora ganha reforço. Confira as principais mudanças:

  • Chapas metálicas vazadas substituem portas antigas de vidro
  • Fiação embutida e mecanismo das portas blindadas
  • Alarmes sonoros nas portas
  • Trava automática das portas
  • Fechamento do acesso à cobertura

Outras mudanças também aconteceram, como por exemplo pinturas internas e externas, instalações elétricas, programações visuais, mais iluminação, detalhes que fazem a estação ganhar uma atenção especial, e colocar em prática o principal objetivo que é reduzir os custos com vandalismos e furtos, que já chegaram a custar até R$100 mil mensal.

Lembrando que mais 44 estações estão passando por reformas de melhoria e seguem em ritmo acelerado. O plano é entregar todas até o final de setembro à população.

(Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro)

 

 

Sobre o autor do post

Carla Rodrigues

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios