CPTM

Como será a transição da operação da CPTM para a ViaMobilidade (CCR)?

Na terça-feira, 20 de abril de 2021, foi realizado o leilão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM. O Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9, formado pelo grupo CCR e Ruas Investi, acabou vencendo o leilão com R$ 980 milhões no valor de outorga, e mais de 200% de ágio.

Haverá uma fase de transição entre a operação da CPTM e da nova empresa.

Troca de trens

O edital confirma a troca de frota entre as linhas, sendo que o novo operador deve operar até a chegada dos 34 novos trens, todos as 40 unidades da série 7000, os oito da 7500, 7 composições da série 8500 e mais seis da série 5400. Os 36 comboios da série 8000 serão entregues à CPTM para operar as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

Depois de 34 meses, e os novos trens em operação, todos os 7 “8500” retornam para a CPTM, assim como os oito 7500 e 19 trens da série 7000. Os outros 19 ficam com a nova operadora.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

O primeiro novo trem deverá ser entregue até o 18º mês da concessão, ao passo em que a sua entrada em operação comercial será feita 3 meses depois, no 21º mês. Os 34 novos trens deverão estar levando passageiros até o 33º mês da concessão. Em simultâneo, conforme as novas composições forem entrando em operação, os emprestados serão devolvidos para a CPTM.

A CCR deverá ainda optar por reformar dois trens da série 7000 que estão parados, ou adquirir mais dois trens novos. Um dos trens da série 7000 bateu em uma composição da série 1700 em Barra Funda, e o outro 7000 foi atingido por um raio.

Passando o bastão

Haverá uma fase de treinamento dos novos operadores de 60 dias, que caracteriza a fase “pré-operacional”. Já o processo de transição operacional e da manutenção dos serviços do trecho já em operação se insere na fase pré-operacional e ocorrerá durante o período de 210 (duzentos e dez) dias, a contar da assinatura do contrato.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Renato, boa tarde. Você sabe dizer se a CCR continuará operando com a identidade visual da CPTM? Ou haverá a troca de identidade, pintura, etc…?

Publicidade

Anúncios