Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Mobilidade Urbana

Chamamento público para túnel entre Santos e Guarujá pode abrir caminho para VLT

Um comunicado da Santos Port Authority (SPA) informa que nesta terça-feira, 06 de abril de 2021, foi lançado um edital de chamamento público para doação de projetos com o objetivo de implantação e gestão do túnel submerso ligando Santos e Guarujá.

Segundo a nota disponível no site da SPA, as autorizações emitidas devem ser publicadas no site do Porto de Santos (www.portodesantos.com.br) no prazo de até 15 dias após o recebimento dos requerimentos. Uma vez autorizados, os participantes terão 120 dias para apresentar suas concepções à Autoridade Portuária.

Os estudos vão analisar as necessidades de mobilidade urbana entre as duas cidades, prevendo o fluxo de pessoas por meio de bicicletas, carros, ônibus e também por uma eventual expansão do Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT até o Guarujá.

“É um empreendimento de mobilidade urbana que, em conjunto com a ampliação da capacidade das avenidas perimetrais portuárias em Santos e Guarujá, exerce um grande efeito positivo nas condições de trafegabilidade de veículos entre as duas cidades. Garantirá maior segurança da navegação, comparado com a opção da balsa e das viagens de catraias, e um maior aproveitamento do canal de navegação, com consequente aumento da eficiência na operação portuária”, afirma o diretor-presidente da SPA, Fernando Biral,

Há a previsão de que a obra pode ficar a cargo da iniciativa privada. “O plano A é que o projeto seja investimento obrigatório do concessionário privado do Porto. Mas o processo pode ser desenvolvido separadamente se os estudos demonstrarem que há viabilidade técnica e econômica”, afirma o diretor de Desenvolvimento de Negócios e Regulação da SPA, Bruno Stupello. Os estudos para desestatização do Porto de Santos avançam e a previsão é de que o leilão ocorra em 2022.

Os interessados ainda podem utilizar em seus projetos informações relacionadas aos estudos técnicos realizados pela empresa Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), em 2013, e fornecidos à SPA.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Espero realmente que algum ente Privado planeje e execute a obra, pois certamente será mil vezes mais eficiente e menos custosa que a contrapartida Estatal, que sempre possuiu um histórico de ineficência, má fé e inaptidão para tanto.

Publicidade

Anúncios