CPTM

CCR ganha a concessão das Linhas 8 e 9 da CPTM

Nesta terça-feira, 20 de abril de 2021, foi realizado o leilão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM. Participaram do evento, o Governador João Doria ao lado do vice-governador e presidente do Conselho Gestor de PPP, Rodrigo Garcia, e do Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

O consórcio que apresentasse o maior valor de outorga ficaria responsável pela operação, conservação, manutenção, modernização das instalações existentes, construção de novas estações e aquisição de novos trens. O governo diz que os serviços serão melhorados.

Entre os licitantes credenciados foram: Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9, formado pelo grupo CCR e Ruas Investi, Consórcio Integração, com a participação da Ibérica Holding e a Metra, a Mobitrens que tem a fabricante Caf como participante, além da Comporte e a Consbens, e ainda uma quarta proposta da Itapemirim.

Propostas:

  • Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9: R$ 980 milhões de valor de outorga;
  • Consórcio Mobitrens: R$ 787 milhões de valor de outorga;
  • Consórcio Integração: R$ 519 milhões e 500 mil reais de valor de outorga;
  • Itapemirim: R$ 400 milhões de valor de outorga;

A vencedora foi o consórcio formado pela CCR e pela Ruas Investi, que ofertou a maior outorga, com 200% de ágio. O prazo de concessão será de 30 anos, e que o vencedor deve também supervisionará a modernização, extensão e atualização das duas linhas, que serão financiadas por meio de um investimento de R$ 3 bilhões previsto em contrato. A nova operadora ainda deverá ainda adquirir em torno de 34 novos trens.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • O monopólio do império CCR aumentando ainda mais os seus tentáculos.
    Me faz lembrar o monopólio da Standard Oil Company nos EUA entre o final do século XIX e começo do século XX.

Publicidade

Anúncios