Ônibus

Inglaterra terá os primeiros ônibus de dois andares a hidrogênio do mundo

Birmingham é uma cidade grande na região de West Midlands, na Inglaterra, e deve contar com uma frota de 20 novos ônibus de dois andares a hidrogênio da fabricante Wrightbus. A aquisição segue um plano de tornar os veículos mais limpos, como vem ocorrendo em várias partes do mundo e como política do meio ambiente seguida por diversos países.

Serão os primeiros ônibus de dois andares com célula a combustível do mundo, e devem ser introduzidos a partir de abril de 2021.

Cada veículo deve possuir 10,9 metros de comprimento e poderá transportar até 64 passageiros. A bateria será capaz de armazenar 48 kWh: graças ao sistema de célula a combustível (Ballard FCVelocity), são suficientes para cobrir, segundo o fabricante, 322 km (200 milhas). Um alcance estendido de 426 km também estará disponível.

O recarregamento do ônibus leva aproximadamente sete minutos. Os sistemas de aquecimento e resfriamento também têm emissão zero.

E a empresa que desenvolveu o veículo está bem animada para a produção de mais unidades. Jo Bamford, novo proprietário da Wrightbus (que assumiu a empresa quando ela estava perto do fracasso), disse que tem planos para o lançamento de nada menos que 3.000 ônibus a hidrogênio no Reino Unido até 2024, todos construídos em Ballymena.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios