Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Recurso faz com que Metrô suspenda processo de licitação de retomada da Linha 17

O processo de finalização das obras do monotrilho da Linha 17-Ouro enfrenta um novo entrave. A construção foi iniciada em 2012, com diversas paralisações que acabaram por atrasar a entrega do meio de transporte que promete ligar o Aeroporto de Congonhas e a malha metroferroviária.

O último capitulo da conta de que o Metrô suspendeu duas licitações. Uma delas que diz respeito às obras, após recurso por parte do Consórcio Paulitec-Sacyr, contra a Coesa Engenharia Ltda, esta última que foi apontada como classificada.

A outra concorrência segue uma decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP), que é referente à supervisão e controle na implantação de sistemas elétricos, mecânicos e material rodante do monotrilho da linha 17.

Havia uma expectativa de que os contratos do primeiro processo, que é sobre as obras, seria assinado em novembro. No começo da gestão atual, as oito estações da Linha 17 tinham sido prometidas para serem inauguradas em 2022. Mas, os representantes do Estado já não estabelecem mais um data para entrega da nova linha.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios