Foto: Divulgação GESP
CPTM

CPTM volta a emitir o Bilhete do Desempregado

A Companhia Paulista de Trens metropolitanos – CPTM retomou nesta quinta-feira, 03 de setembro de 2020, a emissão do Bilhete do Desempregado, suspenso desde o final de março por conta da pandemia. Haverá mudanças no atendimento.

O trabalhador que quiser o benefício, deverá inicialmente enviar um e-mail para o endereço desempregado@cptm.sp.gov.br. Todas as informações precisam estar legíveis. O solicitante pode enviar uma foto dos documentos ou tirar print screen do aparelho, caso a carteira de identidade e de trabalho sejam digitais. Os documentos que devem constar no e-mail são:

1. RG
2. CPF
3. Rescisão do contrato de trabalho
4. Página da carteira de trabalho (três páginas):
a. Com a foto;
b. Com os dados pessoais; e,
c. Com o registro do último emprego.

Após o envio dos documentos a operadora enviará uma confirmação automática de recebimento, informando que os dados serão analisados e respondidos em um prazo de até 3 dias úteis. Caso as informações estejam corretas, será enviado resposta ao mesmo endereço eletrônico com a data e horário para a retirada do bilhete no posto da Estação Barra Funda, que atende as Linhas 7-Rubi e 8-Diamante, além de ter interligação com o Metrô.

Se as informações não estiverem corretas ou legíveis, responderemos o e-mail solicitando a correção e o mesmo prazo para resposta passará a contar da data de recebimento do novo e-mail.

Os agendamentos respeitarão a ordem de recebimento dos e-mails com a documentação correta.

O passe especial tem validade de 90 dias. É fornecida para quem tenha registrado em sua Carteira Profissional, emitida pelo Ministério do Trabalho, a baixa no último emprego há mais de 30 dias e menos de 180 dias.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios