Terminal no Metrô Carrão
Metrô SP

Nova concessão promete upgrade em terminais anexos às estações do Metrô de SP

Treze terminais anexos às estações do Metrô de São Paulo serão revitalizados, e os espaços onde circulam diariamente mais de 1 milhão de passageiros, devem ter um upgrade, segundo informou ao Via Trolebus a Unitah, empresa que assumiu em abril a concessão.

Os espaços estão localizados em terminais das linhas azul e vermelha, e a empresa será responsável por redefinir sua estrutura e por sua manutenção. Serão instaladas lojas de alimentação, serviços e varejo, e alguns terão também novos edifícios. A área bruta locável (ABL) poderá chegar a 212,997 mil metros quadrados.

Dos 13 terminais, 7 serão edificáveis, podendo futuramente abrigar shopping centers, academias de ginástica, hospitais, prédios comerciais e residenciais, entre outros.

Segundo o contrato da concessão, a área edificável mínima é de 11,2 mil metros quadrados em quatro anos, 43,6 mil metros quadrados em sete anos, e 84,1 mil metros quadrados em dez anos. “Mas desejamos transformar os 84 mil metros quadrados previstos em mais de 200 mil metros quadrados em menos de quatro anos. Estamos avaliando a possibilidade de ampliar de R$ 500 milhões a R$ 600 milhões o valor a ser investido, ante a exigência de aporte mínimo de R$ 300 milhões”, afirma Luiz Fernando Ferraz Bueno, presidente da Unitah.

Economia ao Metrô

A concessão deve proporcionar uma economia ao Metrô de São Paulo de R$ 22 milhões por ano, valor que seria gasto com a conservação e manutenção dos terminais. A operadora, além de já ter recebido R$ 11 milhões pela outorga, também vai passar a receber uma remuneração mensal de 8% sobre cada receita obtida pelo empreendimento. A partir do quinto ano de contrato, a Unitah pagará, mensalmente, 8% da receita ou R$ 855 mil, o valor que for maior.

A reforma e revitalização dos 13 terminais está em andamento, sendo que o início do funcionamento das lojas está previsto para acontecer de julho a setembro, conforme o empreendimento.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios