Foto: Samuel Rocha
Greve

Greve: Sindicato promete impedir circulação de ônibus em SP sem cobrador na segunda (11)

Na próxima segunda-feira, 11 de Maio de 2020, a cidade de São Paulo poderá ter menos ônibus em circulação, se um protesto que está sendo desenhado, se tornar realidade. No mesmo dia, é previsto o início de um rodízio de veículos mais rígido, com restrição de 50% na frota de carros, o que vai deve elevar o número de passageiros no transporte coletivo.

Segundo um comunicado do Sindmotoristas, sindicato que representa os motoristas e cobradores de ônibus na capital paulista, poderá ocorrer ações em todas as garagens de ônibus na próxima segunda. A entidade diz que a saída dos coletivos extras, anunciados para este dia, ocorreria sem cobradores.

A SPTrans prometeu incluir neste dia, cerca de 1.000 ônibus a mais, já prevendo um aumento na demanda. Outros 600 veículos estariam à disposição. A frota extra iria ser utilizada em 469 linhas.

“Trata-se de um movimento de resistência da categoria à resolução do prefeito Bruno Covas de ampliar a frota em circulação, colocando mais mil ônibus nas ruas, porém, sem a presença dos cobradores” – diz o comunicado.

“Sem cobrador nenhum ônibus vai sair da garagem” diz o deputado federal e presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A população carente se SP conta com o sindicato doa motorista, para a serubada dessa ideia idiota do prefeito para aumentar o aglomeração de pessoas no transporte…. E colocar a vida de mais gente em risco….

    • Provavelmente que nem a sua profissão, se vc tiver claro , irá se extinguir e substituir seu serviço remunerado por um computador ou uma máquina assim seja.

Publicidade

Anúncios