Ônibus

Praga quer inserir trólebus e ônibus a baterias em rotas mais lotadas

O conselho da cidade de Praga, capital da República Checa, aprovou propostas para eletrificar as rotas de ônibus mais lotadas. O plano foi apresentado pelo operador DP Praha com o objetivo de cumprir os compromissos nacionais e da União Européia de fazer a transição para um transporte com zero ou com baixas emissões.

Os projetos contemplam mudanças a serem implementadas até 2022, e incluem a mudança da rota 154 para a operação de ônibus com bateria com 14 veículos e a conversão das rotas 140 e 119 para trólebus.

O plano prevê uma frota de 35 trólebus com capacidade para operar desconectado da rede elétrica, incluindo 20 veículos de três seções para a rota de alimentação do aeroporto.

Outros planos preveem a aquisição de 112 trólebus e 28 ônibus de bateria de diferentes comprimentos e tecnologias. Testes de veículos híbridos e hidrogênio também estão sendo considerados.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios