Foto: Renato Lobo
Monotrilho

Laudo que vai apontar falha no monotrilho deve sair nesta quarta

O Metrô de São Paulo tem um novo prazo para o recebimento de um laudo que deve apontar as causas que paralisaram o monotrilho da Linha 15-Prata. O eixo de transporte que liga a Vila Prudente até São Mateus está no 12º inoperante, e teve suas dez estações fechadas no dia 29 de fevereiro.

A companhia que opera o meio de transporte disse que nesta quarta, a Bombardier, fabricante dos trens e sistemas, deve apresentar as explicações:

Não há ainda prazo para volta da operação e o Metrô renovou a solicitação do PAESE – Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) para até o dia 15.

A operação segue nos mesmo moldes, com 30 veículos no sábado e domingo, e nos dias uteis com 60 veículos, conforme a quantidade pedida pelo Metrô, que poderá solicitar a inclusão ou retirada dos ônibus em operação a qualquer momento, o que significa que a linha poderá voltar a funcionar neste período. O cenário se deu após um pneu do trem estourar e cair sobre a avenida Sapopemba.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Depois dessa demora para resolver o problema de um pneu furado o Doria e o Bruxo Covas, não ganham nem pra sindico, quem lembra do Bruno Covas como vereador, so votava a favor quando a matéria era contra os mais pobre lembra alguem?

Publicidade

Assuntos

Anúncios