Estação Osasco | Foto: Renato Lobo
Ônibus

Osasco aprova bilhete único, mas sem integração com a CPTM e a EMTU

A cidade de Osasco, vizinha à capital paulista, vai enfim ganhar um sistema de bilhete único para o transporte municipal. Mas a medida não deve abranger as estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, ou seja, não vai haver integração entre o transporte sobre pneus e trilhos.

A Câmara Municipal aprovou na última quinta-feira, 28 de novembro, o projeto de lei nº 102/2019 que prevê a implantação do meio de pagamento. A estimativa da prefeitura é de que o benefício comece a valer em 8 de dezembro.

Também estará de fora a integração com as linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo.

Estabelecimentos comerciais como bancas de jornais, farmácias, drogarias, bares, restaurantes e supermercados farão parte da rede de postos de recarga do meio de pagamento.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Qual sentido do bilhete único se não for pra para de usar 2,3 cartões de ônibus 🙄🙄 Coloca o bilhete único que aceite pelo menos na CPTM né pelo amor!

  • Que bosta mais de dez anos para aprovar um bilhete único e ñ faz integração com o trem em Itapevi Barueri cidades vizinhas a Osasco tem integração com o trem só Osasco que ñ tem este prefeito é um lixo deixá a viação Osasco e a urupunga mandar na nossa cidade

  • Sinceramente, não entendi essa. Se é bilhete único deveria aceitar em todos os onibus de linha que passa na cidade. Acho que essa é só pra ganhar voto e confundir a população. Vergonhoso viu Rogério Lins.

Publicidade

Assuntos

Anúncios