Aviação

Estados Unidos suspendem voos para todos os destinos cubanos, exceto Havana

Nesta sexta-feira, 25 de outubro, a Casa Branca anunciou que os voos programados para nove destinos em Cuba estão sendo suspensos. De acordo com o Newsweek, o motivo seria para interromper o fluxo de recursos dos viajantes de lazer americanos para o governo cubano, que por sua vez apóia o regime de Maduro na Venezuela.

“A pedido do Secretário de Estado, o Departamento de Transportes dos EUA suspendeu até novo aviso o serviço aéreo programado entre os Estados Unidos e os aeroportos internacionais cubanos, exceto o Aeroporto Internacional Jose Marti, em Havana, para impedir que o regime cubano lucre com as viagens aéreas dos EUA. As transportadoras aéreas dos EUA terão 45 dias para interromper todo o serviço aéreo programado entre os Estados Unidos e todos os aeroportos de Cuba, exceto o Aeroporto Internacional Jose Marti.”, disse em um comunicado, o Departamento de Estado dos Estados Unidos em seu site.

O mesmo comunicado diz ainda que a política visa impedir que “o regime cubano obtenha acesso a moeda forte dos viajantes dos EUA que ficam em seus resorts controlados pelo estado, visitando atrações de propriedade do Estado e contribuindo de outra forma para os cofres do regime cubano”. 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios