Foto: Renato Lobo
EMTU

VLT e ônibus intermunicipais da Baixada Santista passam a contar com sistema de biometria facial

O sistema de ônibus intermunicipais da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, e o Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT, a partir desta quarta-feira, 4 de setembro, terão um sistema de reconhecimento biométrico facial, com o objetivo de evitar fraudes nas gratuidades.

De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU, serão comparados imagens do beneficiário da gratuidade no cartão com a imagem do passageiro no interior do veículo, permitindo a comparação, e por consequência, a existência de fraude. Um sistema semelhante é usado na cidade de São Paulo.

Os equipamentos para captura já foram instalados nos 523 ônibus da frota intermunicipal e em bloqueios instalados nas estações do trecho Barreiros-Porto do VLT.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!