VLT

Governo Federal deve ajudar para a solução do VLT de Cuiabá

O futuro sobre o projeto do Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT de Cuiabá deve ser definido com a ajuda do governo federal. Uma portaria da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, ligada ao Ministério de Desenvolvimento Regional, promete analisar uma possível solução para a questão que já se arrasta por anos.

Devem participar também dos estudos para encontrar uma solução, representantes do governo estadual. “O nosso objetivo é, em um curto espaço de tempo, encontrar uma solução para a questão do VLT”, disse o governador Mauro Mendes.

O trem leve começou a ser construído em 2012, mas parou em 2015 quando deveria ser entregue no ano da copa do mundo. Eram previstos 22 quilômetros de extensão com duas linhas. Uma delas entre o Aeroporto Marechal Rondon até a Avenida Rubens de Mendonça, e a segunda entre a Avenida Tenente Coronel Duarte até a região do Coxipó.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!