Expresso Linha 10 - Foto: Renato Lobo
CPTM

CPTM fala em substituição dos trens da série 3000 na Linha 10-Turquesa

Após a substituição de trens antigos na Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, por composições mais novas, passageiros tem reclamado nas redes sociais sobre a presença de material rodante, considerado antigo.

A companhia alocou 12 trens da série 7000 para a ferrovia que liga o Brás até Rio Grande da Serra. No entanto, é necessário cerca de 18 composições para completar a frota operacional, e nem todos os trens da série 7500 (oito no total) têm prestado serviços.

Então, a operadora usa unidades mais antigas, como as composições da série 3000, além de comboios da série 2100, que permanecem circulando.

Em um dos questionamentos sobre a frota, a operadora respondeu a um usuário nas redes sociais que a renovação da frota prossegue, e que os trens da série 3000 também devem ser substituídos:

Revisão geral

Apesar da resposta, a CPTM trabalha em uma revisão geral nos trens da série 3000, inclusive com uma licitação em andamento.

Apesar de ser considerada antiga por alguns passageiros, as composições ainda não chegaram nem na metade de sua vida útil, como mostra a resposta da operadora nas redes sociais. Uma queixa recorrente é sobre os assentos dos comboios produzidos pela Siemens.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A reclamação quanto às composições Tchecas da Siemens se dá pela sua aparência, infelizmente sua identidade visual está bem deteriorada dando a impressão de serem muito mais velhos do que realmente são, pintura gasta, janelas amareladas…
    Nada que uma renovação não resolva

Publicidade

Assuntos

Anúncios