VLT

CCR articula assumir VLT Carioca, diz jornal

O grupo CCR pode assumir a operação do VLT do Rio de Janeiro, segundo coluna de Ancelmo Gois do jornal O Globo.

A operadora pediu a prefeitura da cidade a rescisão do contrato de operação, após mencionar dívidas que ultrapassam R$ 150 milhões, a lentidão na liberação do trecho 3 e a falta de racionalização das linhas de ônibus, que poderiam elevar o número de passageiros.

A CCR conta com 25% de participação do VLT, e segundo a coluna, poderia comprar a parte dos demais sócios: Mitsui, Fetranspor e Invepar.

De acordo com o texto, a transação só seria feita se a circulação de ônibus no Centro do Rio fosse proibida o diminuída.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!