Aviação

Emirates pode converter parte da encomenda dos 777X no modelo 787 da Boeing

Publicação do Seattle Times, jornal da cidade de Seattle, nos Estados Unidos, e o maior do estado de Washington, da conta de que a Emirates poderá substituir parte de uma encomenda de 150 jatos Boeing 777X por modelos 787, sendo modelos menores que o triplo 7. A notícia pode evidenciar um golpe nas vendas do novo modelo da fabricante norte-americana.

O presidente da Emirates, Tim Clark, confirmou em uma entrevista no sábado que a renegociação do 777X está se aproximando da conclusão, embora o resultado provavelmente não seja anunciado até o Dubai Air Show, neste ano.

A companhia aérea conta com a maior frota de aeronaves widebody (fuselagem larga) do mundo. Segundo a publicação, Clark disse que está discutindo com a Boeing “uma combinação dos 150 777Xs e 40 787s, essencialmente procurando manter o números no lugar, mas substituindo-os e espaçando-os por um longo período de tempo. ”

O Boeing vem investido pesado no modelo 777X, sendo alocados US $ 1 bilhão apenas para construir as asas compostas do avião em uma instalação totalmente nova em Everett.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!