Metrô

Governo da Bahia desclassifica Queiroz Galvão e habilita a Camargo Corrêa para obras do Metrô

Em uma reviravolta no processo de concorrência pública para expansão do Metrô de Salvador, o Governo do Estado desclassificou a Queiroz Galvão, e declarou a Camargo Corrêa como vencedora da licitação.

A alegação é que houve falta de documentos e incapacidade financeira. A Camargo Corrêa foi vencedora com um valor de de R$ 424,6 milhões.

Já a Odebrecht, que ficou na quarta posição, disse em um comunicado que a vencedora não deveriam participar da concorrência já que acionistas da CCR, operadora do metrô.

A Camargo Corrêa, por sua vez, nega qualquer irregularidade alegando que não participou da elaboração do edital.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!