Monotrilho

Consórcio Vem ABC tenta há meses reunião com o Estado, mas sem sucesso, diz jornal

O Consórcio Vem ABC, que assinou a Parceria Público-Privada – PPP com o governo do estado para a construção da Linha 18-Bronze, espera assinar o sexto aditivo com a administração estadual, de acordo com publicação do jornal “Diário do Grande ABC“, quem tem feito uma série de reportagens e até editorial em favor de uma ligação sobre trilhos entre a capital e a região.

Segundo o texto, o Palácio dos Bandeirantes tem adiado, desde novembro do ano passado, a assinatura do convênio, segundo informação do diretor-presidente do futuro operador, Maciel Paiva. O executivo diz que há cinco meses, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM congelou o processo.

O presidente do Vem ABC afirmou também ao jornal que não vem conseguindo encontros com o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, a respeito do futuro do contrato.

Novo formato

Durante entrega da estação Campo Belo do Metrô, o governador João Doria confirmou que o projeto “terá um novo formato“.

“Vamos modificar este formato. Teremos um outro formato que não vai exigir R$ 600 milhões de pagamento e desapropriações”, disse o governador. Segundo Doria, a solução que será apresentada em breve, será uma solução “conclusiva“.

Apesar de não confirmar oficialmente, o governo estadual trabalha na adoção de um corredor de ônibus do tipo BRT- Bus Rapid Transit, como uma possível alternativa no lugar do projeto do monotrilho, que ligaria a estação Tamanduateí, na capital paulista, até Djalma Dutra, em São Bernardo do Campo. O BRT teria dois possíveis traçados.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • “Diz jornal” kkkkk ta parecendo reportagem da folha. cade a credibilidade? o dono desse jornal é dono de um consorcio de onibus. é obvio que as noticias serão tendenciosas para que a adoção da linha 18 seja por meio de onibus.

    • “jornal “Diário do Grande ABC“, quem tem feito uma série de reportagens e até editorial em favor de uma ligação sobre trilhos entre a capital e a região.”

      Se estão fazendo editoriais a favor de transporte sobre trilhos creio que não desejam que a linha seja em BRT.

  • Vão enfiar a porcaria do BRT goela abaixo mesmo, não tem mais jeito, sacanagem na cara dura.Má vontade gigante em relação ao monotrilho.
    O que esperar do “Gestor” marketeiro que já tem vários acordos com seus amiguinhos?O que esperar de um “secretário” engomadinho sem experiencia alguma em relação a transporte sobre trilhos, que foi indicado por pura politicagem?

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!