Governo sinaliza fracionar extensão da Linha 2-Verde até a Penha

Foto: Diego Torres Silvestre

A expansão da Linha 2-Verde da Vila Prudente rumo a Guarulhos poderá ser feito em fases, e em sua primeira etapa chegar até a Penha.

Durante dois encontros, o secretário dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista aos sites Diário do Transporte e Via Trolebus, e o presidente do Metrô, Silvani Alves Pereira, em reunião com portais de transportes, citaram o projeto da linha verde indo até o bairro da Zona Leste, o que indica uma fracionamento da extensão.

A decisão, no entanto, de tocar a obra deverá ser anunciada nas próximas semanas, assim como os demais projetos metroferroviários. O “cardápio” de linhas ainda é estuda pela STM, e será apresentada ao Governador João Doria em breve.

Histórico

A ideia de levar a Linha 2-Verde até Guarulhos ganhou força no começo da década, cujo a expansão conta com 14 km e 13 estações. Parte dos imóveis por onde será erguidos as estações e saídas de emergência e ventilação, foram desapropriados e demolidos.

O projeto ajudaria a desafogar a Linha 3-Vermelha, além de criar uma conexão com o segundo município do estado em número de habitantes e a primeira não-capital estadual mais populosa do país.

O governo estadual, no entanto, congelou o projeto por restrições financeiras. Uma possibilidade de construir um trecho do ramal seria por conta destas restrições.

Concessão

A linha 2-Verde entrou no radar da gestão passada para ser concedida a iniciativa privada. O antigo governador Geraldo Alckmin, chegou a admitir o fato em entrevista à Folha de São Paulo.

Já o atual governador em diversas entrevistas, disse que tocaria novas extensões desde que seja com recursos privados.

Confira o vídeo: Quando Guarulhos terá Metrô?


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

9 Comentários deste post

  1. Depois que o Sr José Desgraça Serra mudou o trajeto da linha verde levando até São Matheus esse monotrilho que sabemos que não funcionará, pois já nasce (quando nascer) morto, nós moradores de uns dos bairros mais populosos de SP (Sapopemba) ficamos totalmente na mão. Se a linha verde seguisse seu trajeto original já estaria pronta e a população sendo atendida.

    Hermes Amorim / Responder
    • Lamento lhe informar, mas a linha 2 NUNCA foi prometida para sapopemba. Já foi prometida até Oratório, até Tatuapé e agora será até Guarulhos/Penha, mas SAPOPEMBA nunca esteve nos planos…
      No máximo cogitou-se uma época fazer a linha 15 em metro convencional, sendo ela chamada na época de “Linha 15 – Branca”, mas chegou-se a conclusão que a demanda seria mais baixa que o ideal para o modal, e que um monotrilho daria conta da demanda e seria mais rápido.

      Francis / (em resposta a Hermes Amorim) Responder
  2. Se conseguir fazer até a Penha já é um avanço ,e mais poderiam fazer uma parada da linha 11 junto a essa” nova” estação Penha .

    Maurice Gonçalves Natacci / Responder
  3. Já eu acho desnecessário. A ideia da linha 11 é ela ser um “expresso” do extremo leste pro centro. Parar na Penha nesse caso só demoraria mais pra quem vem de Itaquera ou mais longe pra chegar no Brás ou na Luz. Quem quiser pegar a linha 2 na Penha é só fazer baldeação em Itaquera ou no Tatuapé e pegar a linha 3 até a Penha. Afinal, pra chegar na Paulista com esse trajeto gigante da linha 2, nem vale a pena poupar tão poucas estações como de Itaquera até a Penha ou do Tatuapé até a Penha. Já vai direto com a linha 3 até lá!

    Gabriel P. / Responder
    • Concordo fazer voltar estações desativadas. Faria um desinteresse em ser linha expressa em paradora não e ideial voltar ser paradora.
      Seria ideal se a penha de frança fizesse junto com linha 12ª Safira. A estação ou tiquatira assim vc alguns horários teria baldeaçao na linha 3ª Vermelha do metro no tatuape e na linha 12ª Safira em todos os horários. Ai ficaria bom pros usuários.

      Leandro Gomes dos Santos / (em resposta a Gabriel P.) Responder
  4. Já que não há recurso porque não deixar a linha L2 do jeito que está.
    E faz o projeto da L13 que é muito mais viavel
    https://viatrolebus.com.br/2019/01/extensao-da-linha-13-ate-chacara-klabin-deve-equiparar-demanda-de-passageiros-com-a-11-coral/

    Leandro Silva / Responder
  5. Acho que é o correto, ir avançando por etapas, ex:Linha Amarela ir até Taboão e da Luz até o Pari, Linha Verde até a Penha, Linha Azul até Vila Galvão, Linha 6 Laranja da Brasilandia até Barra Funda, Linha Lilás até Jardim Angela etc…

    Adilio Faustini / Responder
  6. Só quem mora em Tiquatira, Ermelino Matarrazo, São Miguel, Itaim, Itaquá etc … Sabe que a conexão da L12 com a L2 ia ajudar muito, o povo só fala da L11, mais a L12 tá jogada cada vez pior !

    Rafael Teodorico / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.