Doria dá aval para projeto de ponte entre Santos e Guarujá

O governador de São Paulo, João Doria, deu o aval para o prosseguimento do projeto que prevê uma ponte ligando as cidades de Santos e Guarujá em substituição às balsas que hoje fazem o trajeto.

O projeto é o mesmo defendido pela gestão Márcio França. Anteriormente, havia a possibilidade da construção de um túnel ligando as cidades.

As obras devem ser feitas pela concessionária Ecovias, que administra as Rodovias Anchieta e Imigrantes. Em contrapartida, o Governo prevê um aumento no tempo de concessão do contrato da  Atualmente, a concessionária pode operar as duas rodovias até 2025.

A nova ponte deve ter 7,5 km e deve ficar pronta em 3 anos após o início das obras.

“Este é um projeto da maior importância, pois dá outra dimensão nas questões de mobilidade. Todas as forças estão a favor de a gente iniciar o mais rápido possível a obra da ponte, que é fundamental”, disse o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, em entrevista ao jornal A Tribuna.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

5 Comentários deste post

  1. Eu só acredito vendo. Eu ouço essa lenda desde criança.

    Phylipe / Responder
  2. Se essa ponte sair agora, o pessoal da baixada vai virar fã do Dória eu acho. Muito tempo já que estão prometendo isso, virou mesmo meio que uma lenda…

    Felipe / Responder
  3. No final das contas a ponte vai beneficiar mais a população que mora em Bertioga do que a população que vive em Guarujá. A longo prazo vai estimular a ocupação da parte continental de Santos.

    Davi Secomandi / Responder
  4. É melhor não comemorar, prudência e caldo de galinha não faz nada a ninguém, na prefeitura ainda não saiu nenhuma privatização, nem dos Parques, do Pacaembu, Interlagos, Anhembi etc…Vamos torcer para que as coisas aconteçam a contento.

    Adilio Faustini / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.