Metrô recebe licença ambiental para expansão da Linha 5 até Jardim Ângela

O Metrô de São Paulo recebeu licença ambiental prévia com validade de cinco anos para o trecho entre as estações Capão Redondo e a futura parada Jardim Ângela. O documento foi expedido pela CETSB, e divulgado pelo Diário Oficial na semana passada.

A expansão da linha que é operada pela ViaMobilidade, contempla quatro quilômetros e 3 novas estações: Parque Santo Dias, São José e Jardim Ângela. A expectativa é que sejam transportados, no trecho total da linha, isto é, da Estação Chácara Klabin até a Estação Jardim Ângela, 900 mil passageiros por dia.

A extensão, no entanto, não tem previsão certa para a implantação. Não há contratações em cursos para as empresas que devem tocar a obra. De concreto mesmo, é a promessa do governador João Doria, que prometeu levar o Metrô a região durante campanha eleitoral no ano passado.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

7 Comentários deste post

  1. Muito boa notícia.

    Espero que a Linha Amarela também seja expandida o mais rápido possível.

    Felipe Luchiari Velber / Responder
    • Esperamos que o governo, faça pra quem mais precisa. A linha amarela, seus usuários pode contar com ônibus e trem. Já as pessoas da região do Jardim Ângela, só conta com ônibus. E só quem pega os ônibus lá é quem sabe o sufoco que é. Você é egoísta pensando dessa forma amigo

      Wilson Martins / (em resposta a Felipe Luchiari Velber) Responder
  2. Qual a provabilidade de essa extenção dar certo, até o Jardim Ângela?

    Paulo Sergio / Responder
  3. Depender do metrô da promessa do João Doria e as antigas promessas do Alkmin esse metrô não sai.
    Isso é jogada de tucano pra ganhar apenas votos.

    Rafael Almeida / Responder
  4. Espera-se que os moradores de Jardim Ângela e adjacências façam um ABAIXO-ASSINADO para pressionar ferrenhamente o João Doria, assim como foi como com os moradores de Mogi das Cruzes que impediram que o então governador Serrote vampirão levasse a ideia de gerico de um VLT que ligaria da Estação Guaianases até a Estação Estudantes. UFA!!

    Ralph Minei Yamaguti / Responder
  5. Falar e facil agora executar…

    Fabiano / Responder
  6. Algumas semanas atrás anunciaram a expansão da L5 até o Ipiranga p atender a demanda da L15 e desafogar um pouco a L2, qual q vai ser prioridade?

    Matheus Coscia / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.