Testamos o Monotrilho entre Vila União e Vila Prudente no pico da manhã

O trecho do monotrilho da Linha 15-Prata entre Oratório e Vila União teve seu primeiro teste operacional em um dia útil no pico da manhã, nesta segunda-feira, 3 de dezembro de 2018. O trecho que estava em operação assistida, teve seu horário ampliado no sábado, 1º de dezembro, funcionando agora das 6h às 20h, de segunda à domingo. O Via Trolebus embarcou no monotrilho, e conta a partir de agora o que observou:

6h35 – Um trem, o M13, aguardava antes do equipamento de mudança de via, chamado neste tipo de transporte de track switch.

6h37 – A reportagem embarcou sentido Vila União. A maioria dos passageiros desembarcou em Oratório, e o trem operou em velocidade reduzida no trecho a partir da estação Camilo Haddad

6h55 – O trem chega nas proximidades da estação Vila União, mas parou devido a uma composição que estava a frente. Curiosamente, o trem aumentou de velocidade antes de parar um pouco antes do trem que estava estacionado na plataforma. Neste momento, uma funcionária do Metrô abriu o console, mas não fez nada com os equipamentos.

6h58 – 21 minutos depois de embarcar em Vila Prudente, a reportagem desembarca em Vila União. No sentido Vila Prudente, alguns usuários aguardam a chegada do próximo trem. Neste período o intervalo foi de 6 minutos entre as composições.

7h09 – Partida novamente no trem M13, agora sentido Vila Prudente, com quase todos os banco ocupados (se bem que não são muitos). A composição operou lenta entre Vila União e Camilo Haddad.

7h15– O trem recebe mais passageiros, e a partir daqui, passa a transportar pessoas em pé. Também depois desse trecho, o monotrilho passa a desenvolver sua velocidade habitual, que por hora está em torno de 47 km/h.

7h25 – Monotrilho chega à Estação Oratório, após ficar mais de 3 minutos retido em São Lucas. No trajeto que o Via Trolebus fez, esta é a parada que tinha o maior número de usuários à espera do trem.

7h29 – Desembarque em Vila Prudente, com tempo de viagem também de 20 minutos em um trecho de 6,5 km. Neste período, foi observado um intervalo menor de 3 minutos entre as composições.

Impressões:

– Apesar de trecho com velocidade reduzida, e não foram poucos, não havia informações sobre falhas em nenhum momento em que a reportagem esteve no monotrilho;
– O monotrilho trepida em todos os trechos, e não apenas no que foi inaugurado primeiro, entre Vila Prudente e Oratório;
– 20 minutos é um tempo longo, considerando o trecho de 6,5 km. Isto se dá pelas paradas e lentidão no meio do caminho. Por ser um sistema novo, é possível que nos próximos meses, este tempo diminua.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.