Reino Unido quer frota de VLT a bateria

Sexta-feira – 03h33

O uso da tecnologia a bateria no transporte púbico por ônibus vem prosperando, e algumas localidades do mundo já pensam neste sistema para veículos ferroviários. É o caso da Transport for West Midlands (TfWM), operadora do Metrô de West Midlands, no Reino Unido, que lançou uma licitação para aquisição de 18 novos Veículos Leves Sobre Trilhos a bateria, com a opção de mais 32 em aditivos contratuais.

A frota será usada ​​nas extensões Westside, Eastside, Wednesbury, Dudley, Brierley Hill e Wolverhampton. A operadora conta atualmente com 21 VLTs produzdos pela CAF , sendo que o um deles foi adaptado com baterias, sem necessitar de rede elétrica para se locomover.

“Lançamos o primeiro bonde movido a bateria do Reino Unido no início deste ano e agora estamos adicionando mais à rede”, disse Roger Lawrence, líder da Câmara Municipal de Wolverhampton, que conta que a cidade tem planos de converter todos os outros VLTs.

A operadora estima que o contrato deva ser firmado em maio de 2019, e os primeiros bondes comecem a operar em 2021.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Deixe uma resposta