SPTrans

Temer não garante verba para Doria congelar tarifa

Em encontro entre o prefeito eleito de São Paulo, João Doria e o presidente Michel Temer, o governo federal não garantiu por hora, verbas a nova administração para a manutenção da tarifa de ônibus a R$ 3,80. Doria, no entanto, afirma que equipe de Temer deve estudar o assunto.

“Houve comprometimento [do governo] de estudar o assunto. O presidente Temer, junto com o ministro [Eliseu] Padilha (da Casa Civil), vão levar à área econômica a análise de algumas alternativas que foram discutidas aqui, mas o governo federal vai se manifestar na hora oportuna a respeito. Não foi um pleito de São Paulo. Foi um pleito por São Paulo para outras cidades brasileiras” – disse o prefeito eleito.

Doria afirma ainda que mesmo que não tenha ajuda do aporte por parte da União, deve manter a tarifa congelada. “Temos várias alternativas. Primeiro, na redução de despesas da Prefeitura de São Paulo. Algo que já faríamos de qualquer maneira independentemente desse tema, mas é uma alternativa para que a economia de recursos possa suprir essa diferença tarifária”, disse o prefeito eleito em entrevista coletiva.

O empresário prometeu não aumentar a tarifa de ônibus assim que venceu as eleições em primeiro turno. Depois anunciou que buscaria fontes de recursos para honrar seu compromisso.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios