Ciclista

CPTM vai privatizar ciclovia da Marginal Pinheiros

A CPTM decidiu passar a ciclovia do Rio Pinheiros para a iniciativa privada. O edital para receber propostas de interessados em assumir a via será lançado no próximo dia 31 de março.

A análise deve durar cerca de 30 dias por parte da estatal. Vencerá quem apresentar a melhor proposta de benefícios e serviços para o usuário e não haverá outorga para a CPTM. A estimativa é que os contratos sejam assinados em 7 meses.

“Não vamos receber nada em troca. Simplesmente vamos deixar de operar a ciclovia”, informou presidente da CPTM, Paulo de Magalhães. A CPTM desembolsa mensalmente R$ 200 mil para manter a ciclovia. A empresa vencedora poderá veicular publicidade ao longo a via.

Entre as possibilidades de melhoria que a CPTM almeja estão, por exemplo, instalação de iluminação para que ela funcione a noite, instalação e manutenção de calibradores automáticos de pneus e equipamentos que liberam gotículas de água. Estações de ginástica que possam complementar a atividade física dos usuários e passarelas para que haja mais movimento na ciclovia, o que será de real interesse do futuro concessionário.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios