Foto: Sergio Castro | Estadão
CPTM

Metrô e CPTM tem ritmo de obras reduzidos, diz jornal

Publicações do Jornal “O Estado de São Paulo” dão conta de que o ritmo de obras em linhas da CPTM e do Metrô foram reduzidas. O Governo do Estado nega as afirmações feitas pelo jornal.

Os ritmos lentos foram apontados nas obras da Linha 9-Esmeralda e 13-Jade. Nesta ultima a reportagem aponta que em um dos quatro lotes, o 2, um percurso de dois quilômetros que fica entre a Várzea do Rio Tietê e a Rodovia Presidente Dutra, não há trabalhadores em serviço. No mês de janeiro o Governador Geraldo Alckmin anunciou o contingenciamento do total de R$ 6,6 bilhões.

Foto: Sergio Castro | Estadão
Foto: Sergio Castro | Estadão

Atraso no sistema de sinalização

Esta atrasada também a implantação do novo sistema de sinalização nos 6 ramais da CPTM. A reportagem afirma que as conclusões dos trabalhos seriam feitos em 2016, no entanto devem ficar apenas depois de 2017.

Em 2013 o Via Trolebus já havia noticiado a postergação dos prazos para implantação das novas tecnologias que vão possibilitar a redução dos intervalos entre os trens. Os prazos para os trabalhos foram dados a partir de 2007, e até 2012 todos as linhas deveriam contar com os sistemas.

Monotrilho

Outra obra que foi objeto de apuração da reportagem é o monotrilho da Linha 17-Ouro, que vai ligar inicialmente o Aeroporto de Congonhas até a estação Morumbi. O Palácio dos Bandeirantes em nota ao veículo de comunicação nega os atrasos.

Imagem de Renan Ribeiro
Imagem de Renan Ribeiro

O Governo do Estado discorda da análise feita pelo jornal, afirmando que o orçamento das obras esta acima do previsto, e que é equivocado comparar as execuções através do “Sistemas de Informações Gerenciais do Plano Plurianual” (PPA)

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios