BRT SPTrans

BRT Perimetral Bandeirantes – Vila Prudente analisado e dissecado

Projeto do BRT Bandeirantes - Vila Prudente, com 15,9 km de extensão desde a Avenida Eng.° Luiz Carlos Berrini até ao Terminal Vila Prudente, promovendo a ligação direta das Zonas Leste e Sudeste da capital paulista, com a região da Berrini. Segundo declarações do secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, a ideia é que o corredor tenha sistemas de pagamento de tarifas nas próprias paradas, e que a estrutura tenha pontos de ultrapassagens dos coletivos. Clique e leia o artigo completo

Eixos de transportes perimetrais visam o deslocamento dos passageiros sem precisar passar pelo centro da cidade. É o caso do projeto do BRT Bandeirantes – Vila Prudente, com 15,9 km de extensão desde a Avenida Eng.° Luiz Carlos Berrini até ao Terminal Vila Prudente, promovendo a ligação direta das Zonas Leste e Sudeste da capital paulista, regiões que concentram grande número de moradias, com o novo centro financeiro de São Paulo, a região da Berrini.

A prefeitura de São Paulo disponibilizou um relatório que mostra detalhes deste projeto, e que você confere a seguir:

Fonte: Relatório de Impacto Ambiental da Prefeitura de São Paulo
Fonte: Relatório de Impacto Ambiental da Prefeitura de São Paulo

O novo BRT deve passar por vias que hoje são usadas sobretudo pelo transporte individual, como a dos Bandeirantes, Complexo Viário Maria Maluf e Avenida Presidente Tancredo Neves.

get_img

O novo eixo de transportes também deverá servir como alternativa aos deslocamentos feitos pela rede metroferroviária, com deslocamentos atualmente feitos nas regiões citadas acima por meio das linhas 2-Verde, 4-Amarela e 9-Esmeralda.

Desapropriações e Reassentamentos

São previstos que 31.179,00 m² sejam desapropriados ou reassentados, no caso da existência de moradias irregulares. No documento não foi mencionado quais regiões deverão ser desapropriadas.

Paradas do Corredor e traçado

Fonte: Relatório de Impacto Ambiental da Prefeitura de São Paulo
Fonte: Relatório de Impacto Ambiental da Prefeitura de São Paulo

Segundo o documento, da Vila Prudente até o Sacomã, o corredor deve usar a estrutura do Expresso Tiradentes, onde apenas seria feita uma interligação dos elevados na região das Juntas Provisórias para parmitir o acesso dos coletivos entre Vila Prudente e Berrini e vice versa.

brt-vp3

brt-vp4

 

 

 

 

São previstas 16 paradas e uma estação de transferência na altura da Avenida Ibirapuera, promovendo a integração do corredor de ônibus ali instalado. Grande parte do traçado do BRT será provido de ciclovia.

Extensão até a Dutra

Existem planos da prefeitura em estender o corredor em 8 Km rumo a Rodovia Dutra, passando pela Avenida Salim Farah Maluf.

Estrutura do BRT

Segundo declarações do secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, a ideia é que o corredor tenha sistemas de pagamento de tarifas nas próprias paradas, e que a estrutura tenha pontos de ultrapassagens dos coletivos.

Prazos

Os 16 quilômetros de extensão vai contar com R$ 487 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). A expectativa é que as obras iniciem em 2015 e durem 2 anos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios