Greve

Acordo reduz tempo de paralisação dos ônibus em São Paulo

Após acordo entre o Sindicato e governo de São Paulo, motoristas e cobradores decidiram reduzir o tempo da paralisação prevista para esta quarta-feira (5). Os trabalhadores devem parar a circulação dos coletivos e fechar 32 terminais entre 10h e 12h, e não mais até as 14 horas.

Segundo líderes do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano (Sindmotoristas), a Secretaria da Segurança Pública (SSP) se comprometeu nesta terça (4) em analisar propostas da categoria para diminuir ataques a ônibus da capital.

Em nota, a SSP informou que o secretário Fernando Grella Vieira “se comprometeu a criar uma comissão formada por pelos sindicatos dos trabalhadores, empresários, além de representantes dos poderes estadual e municipal para buscar soluções conjuntas para a questão.”

A Secretaria Municipal de Transportes, por sua vez, irá tomar todas as medidas na tentativa de diminuir os transtornos aos passageiros.

“O motivo é para protestar contra esses incêndios nos ônibus. A própria população está sendo atacada covardemente. Nós não estamos questionando o bem material, estamos questionando o bem que é a vida”, disse o presidente do Sindmotoristas, José Valdevan de Jesus Santos, conhecido como Noventa. “Nós não queremos que aconteça o pior para nós reagirmos. Por isso, queremos que a população também venha participar”, concluiu Noventa.

Ônibus incendiado na Rua Manoel Martins no Rio Pequeno

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios